domingo, 7 de abril de 2013

NUANCES




NUANCES


Ah, se eu pudesse descrever
As coisas que vejo em você
Como pequenas diferenças entre cores
Que despercebidas passam; não são aparentes

Às vezes latentes são os dissabores
Que paradoxalmente; convivem com o nosso amor
Embora pensamos que estamos agradando
Só que certas ações nos fazem afastar

Viver esta coisa louca
Como querer está perto ou distante
É a vida com suas nuances
Ainda se não fosse bastante

Esta loucura é empolgante
É viver; é se entregar, em situações desconfortantes
E isto pode acontecer de relance
Só sei que; é contagiante

Pois mesmo com esta nuance?
Você é minha mulher; é amante
E isto? Não parece intrigante?
Mas, pra mim é empolgante
Viver esta vida complexa; paradoxal
Isto é quase imperceptível!!! É nuances!!


Paulo veloso

2 comentários:

  1. Lindo, simples verdadeiro e lindo..

    ResponderExcluir
  2. Obrigado!! Seus Comentários têm me alegrado! Deus te Abençoe! Abraços!

    ResponderExcluir